sexta-feira, 24 de junho de 2016

ZÉ LOPES LANÇA HOJE EM BACABAL O CD DE MP3 ARRAIAL MARANHENSE

Um dos mais requisitados compositores da Musica Popular produzida no Maranhão, Zé Lopes revira sua enorme discoteca e inova no que diz respeito a música. Está lançando um CD de MP3 contendo 118 cançóes, todas elas com motivos juninos, o que será de bom tom e som para as festas juninas.
 “Vendo na minha discoteca, as canções gravadas por mim, por outros intérpretes, por brincadeiras de bumba-meu-boi, por grupos de forró e afins, constatei que tinha quase trezentas canções registradas em CD com motivos juninos” Diz Zé Lopes.
Minuncioso, o trabalho de escolha deu muito trabalho, já que muitas músicas foram gravadas por intérpretes diferentes, tendo como exemplo “Morena do Capim”, Senhora Dona, “Outra Metade”, “Cheiro de Bebê”, “Linha Imaginária”, entre outras. .
“Como algumas músicas, por serem regionalizadas, ficaram longe do alcance do grande público, como é o caso de algumas toadas, que se emudecem com o fim de junho, resolvi fazer uma seleção e com muita dificuldade cheguei a 119. Foi uma escolha criteriosa, tem canções que foram gravadas por vários intérpretes, como é o caso de “Linha Imaginária” que bate o Record com 17 interpretações diferentes” Explica.
Zé Lopes reitera que passou vários dias ouvindo CDs, escolhendo músicas e o resultado foi esse  “Arraial Maranhense”, uma coletânea em CD, formato MP3 que dia 13 estará a venda ao preço de 10 reais.. “”É realmente um arraial. Tem xote, xaxado, baião, forró, cacuriá, lelê, tambor sde crioula, tambor de mina, coco, quadrilha, Bumba-meu-boi nos sotaques orquestra, zabumba, pindaré, matraca e também no estilo mais elitizado”, conta ele.
O CD traz para o público, a toada “Menina Bonita” de autoria de Zé Lopes, Alex Brasil e Gilvan Mocidade, toada essa que foi a última gravação do bacabalense Papete, que nos deixou há poucos dias.
O CD também traz a toada “Sina e Poesia”, que virou hino em Bacabal, é o fechamento do programa de televisão do apresentador Salomão Duarte. Recém gravada pelo pedreirense Zezinho do Vale, de autoria de Zé Lopes e Paul Getty, a inédita“Ou essa nêga é de Pedreiras ou é de Bacabal” dá um charme maior ao CD de MP3.
Cantam no CD de MP3 - Zé Lopes, Papete, Garrincha, Kosta Netto, Betto Pereira, Flávia Bitencourt, Gerude, Wellington Reis, Oberdan Oliveira, Ubiratan Souza, Paulinho Akomambu, Perboire Ribeiro, Rui Maranhão, Carlinhos Veloz, Manuel Baião de Dois, Mano Borges, Neto do Cavaco, Célia Sampaio, Chico Viola, Walbinho, Pedrinho Ma, Jota Junior, ,Chico Poeta, Kléber Lima, Marcus Maranhão, Masrcos Garcia, Dayse Carolyne, Djalma Chaves, Mano Borges, Daffé, Lucinha Bastos, Tom Cleber, Neto do Cavaco, Jota Jotha, Albert Abrantes, Davy Faray, Zezinho do Vale, Wilson Zara, Boi Pirilampo, Boi de Tajaçuaba, Boi Mocidade de Rosário, Boi da Lua, Boi de Coroatá, Boi brilho do Sol Nascente, Boi brilho da ilha, Boi Novilho Brancol, Boi Sotaque Brejeiro, Boi Encanto do Olho D’água, Forró Bacaba, Forró Pé no Chão, Jailson e cambada do Forró
Sao arceiros -Paul Getty, Gilvan Mocidade, Manu Lopes, Alex Brasil, Érico Junqueira, Josias Sobrilho, Chico Saldanha, Laura Amélia Damous, Cesar Roberto, Nonato Matos, Gilmar Pereira, Tom Cleber, Daffé, Becao, Walter Brasil, Paulo Campos, Abel Carvalho, Marcus Maranhão, Assis viola, Boa Fé, Perboire Ribeiro, Louremar Fernandes, Luis Junior, Jota Jotha, Veiga Neto, Samuel Barreto, Damião Souza, Edivaldo Santos, Marcos Garcia, Paulo Geovanne, Pedrinho MA e Walbinho VDS

Deram o apoio para que o CD de MP3 “Arraial Maranhense”chegasse até o público - Dr Antônio Sobrinho, Dr. Bento Vieira, Leonardo Lacerda, Jefferson Radiologista, Arquimedes Frasão, Dr. Eufrásiio Filho, Hermano Nogueira, Dr. Gilson Arêa Leão, Dr. Itaguacy Coelho, Amaury Coelho, Jura Filho, Jansem Penha, Dr. Osdvaldino Pinho, Dr. Otavio Filho, Cleinaldo Bill, César Bombeiro e Nivaldo Araújo.
A arte da capa foi produzida pela AB Propaganda com foto de Marcelo Chalvinski, designer de Élio Moraes, fotomontagem de Waniel Jorge. A edição foi de JR estúdio. No sábado, dia 25, as 19 h, Zé Lopes seb apresenta em Sao Luis na Praça Nauro Machado no Projeto Reviver, na quarta, dia 29, as 23 h, ele sobe no palco do Largo de sao Pedro, na Madre Deus.


Serviço
 
Show de lançamento do CD de MP3 "Arraial Maranhense" de Zé Lopes e Convidados, no Lion's Pub Boteco em Bacabal, inicion as 21h, participação de vários artistas, CD ao preço de 10 reais.

TEMPO CURTO PARA O PMDB

Em menos de 30 dias – mais precisamente em 20 de agosto –, os partidos políticos começam a contar os prazos para definir seus candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereadores para as eleições. E entre todos os chamados grandes partidos, o PMDB é o único que parece não ter ainda um destino definido, mesmo com um candidato a prefeito, o vereador Fábio Câmara.
As lideranças da legenda ainda discutem outros caminhos – até mesmo coligação com o prefeito Edivaldo Júnior (PDT) –, enquanto Câmara não consegue chegar ao pelotão de cima das pesquisas eleitorais.
E o prazo vai ficando cada vez mais curto para uma decisão que possa eliminar riscos para todos os lados: tanto para os interesses dessas lideranças, como para Fábio Câmara, que, no sacrifício da candidatura, pode estar abrindo mão de uma reeleição à Câmara Municipal, onde teve papel destacado no primeiro mandato.
A decisão do PMDB torna-se cada vez mais urgente exatamente porque, por trás do projeto de disputar uma eleição, tem todos os quesitos que a envolve, como por exemplo as alianças e a chapa de interessados na candidatura de vereador.
Para garantir representatividade no Legislativo municipal, o maior partido do país tem que ter quadros capazes de gerar voto – ou pelo menos uma coligação que garanta atingir o quociente eleitoral que garanta a participação no rateio das vagas.
E é exatamente por isso que o tempo fica curto.
Todos os principais partidos políticos já definiram seus caminhos na capital maranhense – seja com candidatura própria, seja em aliança com outras legendas. Assim o campo de atuação dos peemedebistas neste aspecto já está restrito.
E enquanto não de definir em relação ao caminho a seguir, o tempo vai encurtando para o PMDB. E o resultado pode ser uma inédita ausência no Legislativo municipal.
Da coluna Estado Maior, de O Estado do Maranhão

quinta-feira, 23 de junho de 2016

DEP. JOÃO MARCELO E SENADOR JOÃO ALBERTO PARTICIPAM DE REUNIÃO COM MINISTRO DA SAÚDE E PEDEM PRIORIDADE NA LIBERAÇÃO DE RECURSOS PARA SAÚDE DE BACABAL E OUTROS MUNICÍPIOS

Sen. João Alberto Souza, Antônio Dino (FAJD), Ministro da Saúde Ricardo Barros e Dep. Fed. João Marcelo Souza (PMDB-MA) reunidos em Brasília.
Defender os interesses dos maranhenses, em especial no que diz respeito a temas emergenciais como a saúde, são prioridades para o Deputado Federal João Marcelo Souza (PMDB/MA). 
Na última quarta-feira (22.06) o Deputado João Marcelo Souza e o Senador João Alberto, ambos do PMDB-MA foram recebidos em audiência especial pelo Ministro da Saúde Ricardo Barros. Eles estavam acompanhados de Antonio Dino, Vice-Presidente da Fundação Antônio Jorge Dino / FAJD, mantenedora do Hospital do Câncer Aldenora Bello.
Para o principal centro de tratamento oncológico do Estado, que recebe pacientes de todas as cidades maranhenses e de outros Estados, a solicitação foi direcionada para a aquisição de dois aceleradores lineares a serem utilizados no tratamento via radioterapia, para o Hospital do Câncer Aldenora Bello.
O Dep. Fed. João Marcelo Souza e o Sen. João Alberto também saíram da reunião com a garantia da liberação financeira das Emendas Parlamentares na área da saúde para os municípios de Icatu, Axixá, Cedral, Guimarães, Tufilândia e Altamira do Maranhão. Foram apresentados também outros pleitos sobre questões diversas ligadas à saúde do município de Bacabal (MA).
O saldo da reunião foi positivo, segundo avaliou João Marcelo Souza:
"O Ministro Ricardo Barros nos deu muita atenção e entendeu que todos os pleitos que levamos são de fato prioridades para a saúde dos maranhenses, e prometeu empenho aos mesmos. É assim que acreditamos que devemos fazer política, em defesa de causas sérias e que promovam mais saúde e qualidade de vida às populações de nosso Estado e do país", declarou João Marcelo.

MINISTÉRIO PÚBLICO RECOMENDA REGULARIZAÇÃO DE DESPESAS DE CONSELHO TUTELAR DE PIO XII



Em 17 de junho, a Promotoria de Justiça da Comarca de Pio XII expediu Recomendação ao Município para a efetuação do pagamento de todas as despesas do Conselho Tutelar. Na manifestação, foi estabelecido o prazo de 30 dias para a quitação de todos os débitos, sob pena de ingresso imediato de ação judicial com multa pessoal ao prefeito.

Formulou a Recomendação o promotor de justiça Francisco Thiago da Silva Rabelo. De acordo com a investigação do Ministério Público do Maranhão, existem atualmente vários débitos do Conselho Tutelar do município, incluindo contas de telefone, internet, água e aluguel.

Na Recomendação, o promotor de justiça afirmou que é dever do Município cuidar do funcionamento do Conselho Tutelar, fornecendo os meios necessários para o desenvolvimento de suas atividades.

Também ressaltou que o artigo 227 da Constituição Federal estabelece que é dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança, ao adolescente e ao jovem, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão.

Outra consideração da Recomendação enfatiza que o Conselho Tutelar é órgão permanente e autônomo, não jurisdicional, encarregado pela sociedade de zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e adolescente.

BANCO TERÁ QUE INDENIZAR CLIENTE QUE ESPEROU ATENDIMENTO POR CINCO HORAS

Uma decisão proferida pelo Juizado Especial Cível e Criminal de Timon condenou o Banco Bradesco a indenizar em R$ 2.000,00 (dois mil reais) uma cliente que esperou atendimento durante 5 horas. A decisão foi assinada pelo juiz titular Rogério Monteles e levou em conta os transtornos decorrentes da demora no atendimento na agência do banco demandado, em desacordo com a Lei Estadual nº 7.806/2002. Ele observou que a instituição não pode eximir-se de prestar um serviço de qualidade ao argumento de que o cliente pode procurar outros locais para atendimento.

“É incontroverso na lide que houve a falha no serviço, uma vez que a autora demonstra pelos documentos que juntou com a inicial que no dia 31/08/2015 ingressou no estabelecimento do reclamado às 11h08min e foi atendida somente às 17h43min”, explica a sentença, citando o Código de Defesa do Consumidor: “O fornecedor de serviços responde, independentemente da existência de culpa, pela reparação dos danos causados aos consumidores por defeitos relativos a prestação dos serviços, bem como por informações insuficientes ou inadequadas sobre sua fruição e riscos”.

Em relação a casos como esse, a Lei Estadual 7806/2002 ressalta que o atendimento bancário ao consumidor não pode superar 30 (trinta) minutos e, no caso, a autora superou tal limite, em que pese tenha a seu dispor outras formas de obter o serviço, não pode ser impedida de utilizar o caixa físico do banco reclamado, sob pena de tornar a lei em referência inócua e implicar na falha de prestação de serviço sem qualquer responsabilidade.

“No caso dos autos, a demora em resolver o compromisso bancário do autor supera os meros aborrecimentos, ensejando a aplicação dos danos morais, porquanto ofende a razoabilidade ter que se esperar mais do que o permitido em lei (lei estadual em referência) para se obter o serviço desejado”, observou o magistrado. E segue: “Quanto aos danos morais, bastando a prova do fato e do nexo causal o que e o chamado dano IN RE IPSA, ou seja, não depende de demonstração do dano uma vez que isso é presumido. No caso dos autos está comprovada a demora no atendimento bancário do autor e que tal demora decorreu da relação de consumo do qual o reclamado é fornecedor. Nestes termos, a indenização pela lesão sofrida a bem imaterial deve ser deferida.

Quanto ao valor da indenização, o juiz disse que devem ser analisados os critérios para se chegar ao valor devido dentre eles a função reparatória dos danos morais, a função pedagógica da indenização, o porte financeiro de quem vai suportar a indenização, dentre outros. “Nesse particular, a demora em atender seus consumidores demonstra a falta de respeito com os mesmos, sejam seus clientes ou não, a indenização ser em valor a cumprir a função pedagógica da indenização. Até pelo valor fixado para a multa administrativa (R$ 200,00) para cada reclamação, conforme Lei Estadual n.º 7.806/2002”, afirmou no documento.

Por fim, a Justiça decidiu julgar procedente, em parte, o pedido formulado por E. K. S. e condenou o réu a pagar à autora o valor de R$ 2.000,00 (dois mil reais), a título de indenização por danos morais. O valor da indenização será corrigido com juros e correção monetária. Os juros aplicáveis ao caso serão de 1,0% (um por cento) ao mês. A correção monetária será apurada pelo índice utilizado pela Corregedoria de Justiça do Estado do Maranhão. O termo inicial para a incidência dos juros e correção monetária é a contar da presente data, no caso dos danos morais.



PROJETO DE LEI QUE INSTITUI A SEMANA ANTIDROGAS EM BACABAL, DE AUTORIA DO VEREADOR ROGÉRIO SANTOS, É SANCIONADO PELO PREFEITO JOSÉ ALBERTO VELOSO


Projeto de lei de autoria do vereador Rogério Santos (PRP), que institui no Município de Bacabal a "Semana Municipal de Prevenção Conscientização e Combate ao uso de Drogas, Álcool, tabaco, entre outras", a ser realizada anualmente, na semana correspondente ao dia 26 de junho - data em que se comemora o Dia Mundial de Prevenção ao Uso de Drogas -, foi sancionado ontem, 22, pelo prefeito José Alberto Oliveira Veloso.



A Lei determina que a semana terá como objetivos fomentar e organizar ações que vise à prevenção, conscientização e combate ao uso de drogas, álcool e tabaco no Município de Bacabal; realizar atividades de informação para a comunidade escolar, dando subsídios para o enfrentamento dos problemas decorrentes desta questão neste ambiente.



Determina também que caberá ao órgão competente a elaboração e execução da Politica sobre Drogas no Munícipio de Bacabal, em conjunto com as secretarias afins e com o Conselho Municipal de Politicas Sobre Drogas, planejar e coordenar as ações necessárias para a realização da Semana Municipal de Prevenção, Conscientização e Combate ao uso de Drogas no Município Bacabal.



Determina ainda que poderão ser firmadas parcerias com outras Secretarias Municipais, Autarquias, Fundações, Conselhos, Entidades e Organizações ligadas ao tema, Órgãos Estaduais e Federais e com o setor privado, para a realização de campanhas e atividades inerentes a esta Lei.



Faculta ao Poder Executivo, durante a Semana Municipal de Prevenção, Conscientização e Combate ao Uso de Drogas, incentivar e apoiar a realização de atividades pela sociedade civil, além de assegurar que as  despesas decorrentes da aplicação desta Lei correrão por conta das dotações próprias consignadas no orçamento, suplementadas se necessário.



A Lei elaborada por Rogério Santos se fundamenta no avanço das drogas em nossa sociedade, que tem provocado grandes agravos em todos os aspectos, pois atinge aos jovens, as suas famílias, amigos e diversas pessoas que não tem relação direta com o dependente, mas, acabam sofrendo as consequências dos atos provocados pelas pessoas que estão envolvidas com o presente mal.



Santos argumenta que a cidade de Bacabal viu, nos últimos anos, um crescimento acelerado de usuários de crack e outras drogas, que a cada dia vem provocando, consequentemente, um avanço na criminalidade e nos atendimentos nos postos de saúde de vítimas de crimes e acidentes.



Para ele a magnitude dos danos causados pelo uso indevido de drogas lícitas e ilícitas verificada nas últimas décadas tem tido grande repercussão social, tornando-se um grave problema de saúde pública em nosso país. Isso não ocorre apenas em relação às chamadas drogas ilícitas, mas também no que concerne às drogas lícitas: cerca de 70% dos atendimentos da rede pública de saúde dos Municípios é direcionado a problemas com o álcool.



Ele acrescenta que os índices de reincidência chegam a 52% no caso dos tratamentos contra a dependência de crack, 33% no caso de maconha, 40% nos casos de uso de cocaína. Isso demonstra a suma importância do trabalho de prevenção, de acordo com o que aponta as diretrizes da Política Nacional Antidrogas.



O vereador popular republicano frisa que os setores da administração pública municipal devem priorizar as ações de prevenção ao uso indevido de drogas, estimular a cooperação entre sociedade civil e poder público nessas ações e o fortalecimento de ações integradas e articulação entre os diversos órgãos da administração Pública na busca por uma sociedade livre do uso indevido das drogas com a disseminação de informações sobre a dependência química, bem como sobre seus prejuízos sociais, suas consequências e demais implicações negativas.



Pede o vereador que a Semana seja composta por ações que visem à prevenção, conscientização e combate à dependência química provocada por drogas lícitas e ilícitas por meio de campanhas, seminários, palestras, debates, reuniões, workshops, conferências, atividades de lazer, esportivas e culturais, elaboração de cartilhas, folders, cartazes, campanhas em redes sociais e outras formas de comunicação com objetivo de ampla divulgação das informações bem como das atividades, além de construir estratégias de incentivo à participação popular e, que as ações da Semana deverão necessariamente envolver as diferentes esferas do Poder Público, organizações da sociedade civil, a participação de toda a comunidade escolar e os conselhos municipais.



Justifica explicando que o objetivo da proposta, portanto, é incentivar a atuação da rede pública na mobilização da sociedade em torno da conscientização dos males oriundos do uso de drogas ilícitas e do abuso de drogas lícitas A escolha da data 26 de junho obedece à orientação do Dia Internacional de Combate às Drogas instituído pela Organização das Nações Unidas.

Por Abel Carvalho

quarta-feira, 22 de junho de 2016

TRANSPARÊNCIA! ACORDO JUDICIAL ESTABELECE PRAZOS PARA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DIVULGAR INFORMAÇÕES DE SERVIDORES

Em audiência de conciliação realizada na manhã desta quarta-feira, 22, na Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, a Assembleia Legislativa do Maranhão se comprometeu a apresentar, no prazo de 48 horas, a folha de pagamento contendo a lista de todos os deputados e servidores, com a respectiva remuneração e verba de gabinete.
O acordo foi firmado entre o Ministério Público, o Estado do Maranhão e a Assembleia Legislativa, como consequência da Ação Civil Pública (ACP) ajuizada, em maio deste ano, pelo titular da Promotoria de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa, João Leonardo Leal.
No documento de conciliação, o procurador-geral do Estado, Rodrigo Maia Rocha, e o procurador da Assembleia Legislativa, Luiz Felipe Rabelo Ribeiro, se comprometem a apresentar, no prazo de 90 dias, informações relativas à lotação, filiação e cargo dos servidores.
O promotor de justiça Lindonjonson Gonçalves de Sousa, respondendo pela Promotoria de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa, representou o MPMA na audiência.
O Poder Legislativo estadual e o Estado do Maranhão devem apresentar, ainda, em 30 dias, o cronograma para implantação do Portal da Transparência, nos moldes do que foi adotado pela Câmara dos Deputados.

VÍDEO: DEPUTADO ROBERTO COSTA DESTACA NA TRIBUNA DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA A VERGONHA DA SAÚDE PUBLICA NO MUNICÍPIO DE BACABAL



Por Samyra Boaes/ Assessoria

O deputado Roberto Costa, mais uma vez, subiu à tribuna, nesta quarta-feira (22), para reivindicar melhores condições para a saúde publica da população bacabalense.

Na terça feira (21), o município de Bacabal foi destaque em rede nacional em virtude do total descaso do atendimento prestado a um idoso, o Sr. Adão da Silva de 60 anos, que sofreu um acidente de moto e quebrou o fêmur.

Há 15 dias em casa aos cuidados da família, o paciente não tem notícias sobre quando e onde ele vai fazer a cirurgia. No hospital de Bacabal, o único procedimento realizado foi a colocação de um papelão amarrado com uma atadura para mobilizar a perna.

Em seu discurso, o deputado não hesitou em denunciar o caso:

"Olhem o absurdo que fizeram com o cidadão bacabalense: um pedaço de papelão, depois colocaram ataduras. E o Secretário de Saúde, irresponsavelmente, ainda vem dizer que era uma situação de que ele não tinha conhecimento. Ele pode não ter conhecimento, o Prefeito pode dizer que não tem conhecimento, mas toda a cidade de Bacabal sabe os atos criminosos que esses dois cidadãos têm feito contra a população de Bacabal, e esses dois cidadãos estão matando crianças, jovens e adultos pela irresponsabilidade deles”.

O deputado Roberto Costa ainda lamentou toda a situação gerada após a repercussão da matéria, referindo-se ao caso de assédio moral que os funcionários e todos do município sofrem quando se trata da atual gestão.

“Quando se pensou que todos os absurdos que o senhor Prefeito e o Secretário já tinham feito contra a população de Bacabal, simplesmente eles chamaram a esposa do repórter para dizer que ela estava demitida pela reportagem que o repórter da  Mirante (seu esposo) realizou. O cúmulo do absurdo a que se chegou em Bacabal. O repórter da Mirante, que fez o seu trabalho, realizando a divulgação da reportagem”

E comentou mais:

“Os funcionários da prefeitura, quando fazem qualquer tipo de greve, qualquer tipo de manifestação, são punidos com demissão. É uma caça às bruxas tentando calar as vozes que tentam mostrar os absurdos que acontecem dentro da Prefeitura, dentro dos postos de saúde, dentro dos hospitais. O senhor Prefeito em vez de demitir uma funcionária, demitir uma enfermeira, ele tinha que demitir era o Secretário de Saúde dele por este absurdo”, declarou o parlamentar.

ZÉ LOPES EM BACABAL NO LIONS PUB NESTA SEXTA FEIRA


AGORA SIM AVACALHOU !!! PACIENTE VÍTIMA DE ACIDENTE TEVE SUA PERNA IMOBILIZADA COM PAPELÃO E ATADURA EM HOSPITAL DE BACABAL

FOTO: REPRODUÇÃO TV MIRANTE
A coisa está a cada dia pior na cidade de Bacabal, onde a população tem sofrido principalmente com o descaso na saúde pública do município. Desta vez o caso que foi registrado pela equipe do repórter Fábio Costa da  Tv Mirante de Bacabal e envolve o autônomo Adilson Adão da Silva 60 anos que sofreu um acidente de motocicleta há 15 dias e  levado para o pronto socorro.
Adilson fraturou o fêmur e para imobilizar a perna  os médicos colocaram um papelão e enrolaram com atadura. O mesmo foi mandando para casa sem passar por qualquer procedimento cirúrgico.
O caso repercutiu grandemente e pessoas ligadas à secretaria municipal de saúde foram até a residência de seu Adilson e lá se comprometeram a encaminhar o mesmo para capital São Luís. Resta saber se após esse encaminhamento ser feito, o paciente será mais uma vítima do interior que ficará jogado nos corredores de hospitais da capital.
A reportagem da TV Difusora esteve na residência de seu Adilson na tarde de ontem, e lá o repórter Romário Alves conversou com o mesmo. Veja a abaixo a matéria completa. 

Em tempo: Na manhã desta quarta feira(22), uma ambulância do município encaminhou seu Adilson para o Hospital Socorrão II.

terça-feira, 21 de junho de 2016

JOÃO ALBERTO E UM PROJETO DE GOVERNO PARA 2018...

Quem conversa mais reservadamente com o senador João Alberto de Sousa ouve dele uma análise de conjuntura que inclui o PMDB na linha de frente da disputa pelo Governo do Estado, em 2018.
E ao contrário do que há de se supor, o projeto não passa pela ex-governadora Roseana Sarney ou pelo senador Lobão Filho.
O próprio João Alberto – em fim de mandato no Senado e sem interesse na disputa pela reeleição – mostra-se interessado em encarar o desafio.
Já se sabe que, muito provavelmente, as eleições de 2018 terão, de um lado, o governador Flávio Dino (PCdoB) disputando a reeleição – ou indicando um candidato – numa aliança com PDT e PT; e, de outro, o senador Roberto Rocha (PSB), que sonha com uma aliança com o PSDB.
O PMDB entraria com a candidatura de João Alberto, abrindo vaga de candidatos a senador para o PV – muito provavelmente Sarney Filho – e atraindo outros partidos para a vice e para  segunda vaga de senador.
É neste ponto que entra a deputada Eliziane Gama, seu PPS, e a Rede Sustentabilidade, que tem entre seus nomes mais respeitáveis o ex-juiz Márlon Reis.
A aliança PPS/PMDB ganharia força, portanto, já nestas eleições de São Luís, com anuência inclusive dos tucanos e com  a participação também do PV.
Mas esta é uma outra história…
Blog Marco Deça

ELEIÇÕES 2016: MPMA E PROCURADORIA REGIONAL ELEITORAL DISCUTEM ESTRATÉGIAS DE COMBATE À CORRUPÇÃO

Representantes do Ministério Público do Maranhão e da Procuradoria Regional Eleitoral reuniram-se, na tarde desta segunda-feira, 20, na Procuradoria Geral de Justiça, para discutir estratégias de fiscalização, prevenção e combate à corrupção e agiotagem, entre outros crimes e irregularidades, durante as eleições municipais de 2016.

“Nós precisamos traçar conjuntamente estratégias, principalmente preventivas, de combate à corrupção. Temos que unir forças para evitar desvios de dinheiro público e outros prejuízos à sociedade”, afirmou o procurador-geral de justiça.

Luiz Gonzaga Martins Coelho lembrou aos presentes do caso Décio Sá - jornalista cuja morte teria sido encomendada por pessoas envolvidas na prática de agiotagem – e os desdobramentos da investigação que apontou a existência de vários grupos de agiotas agindo no Estado, a princípio em 42 municípios. Os criminosos atuam, principalmente no período eleitoral, emprestando dinheiro a candidatos, para posteriormente cobrá-los na forma de favorecimento, especialmente em licitações de obras públicas.

O chefe do MPMA lembrou ainda que o combate à corrupção eleitoral foi uma das promessas feitas por ele durante a campanha nas eleições para procurador-geral de justiça. “Vamos fiscalizar as empresas e os candidatos”.

Sobre o crime da agiotagem, o procurador regional Eleitoral, Thiago Ferreira de Oliveira, também afirmou que a prática é recorrente em todo o Maranhão.

O procurador acrescentou que nas eleições deste ano, as instituições de controle e fiscalização devem ter muita atenção, porque está proibido o financiamento empresarial de campanhas e o limite de gastos dos candidatos a prefeito não pode ultrapassar R$ 300 mil. “O esforço e a precauçãodevem ser redobrados”.

Uma das ações conjuntas acertadas é permanente compartilhamento e cruzamento de informações entre órgãos e instituições fiscalizadoras.

Do MPMA, além do procurador-geral de justiça, estiveram presentes os promotores de justiça Raimundo Nonato Leite (Assessoria Especial), Adélia Maria Souza Rodrigues Morais (Assessoria Especial), Lana Cristina Barros Pessoa (Assessoria Especial), Justino da Silva Guimarães(Assessoria Especial), Marcos Valentim Pinheiro Paixão (Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado – Gaeco), Klycia Luiza Castro de Menezes (Gaeco) e Jerusa Capistrano PintoBandeira (Gaeco).

Da Procuradoria Regional Eleitoral também esteve presente o promotor eleitoral Pablo Bogéa Pereira Santos.

ACORDO PREVÊ NOMEAÇÃO DE EXCEDENTES DE CONCURSO DE POLÍCIA CIVIL


Conciliação estabelece nomeações, requeridas pelo MPMA em setembro de 2014

Foi homologado, em 30 de maio, um acordo judicial firmado entre a 11ª Promotoria de Justiça Especializada de Direitos Fundamentais de São Luís e o Estado do Maranhão estabelecendo a nomeação de 22 candidatos excedentes do concurso público realizado em 2012 pela Polícia Civil.
A homologação resulta de Ação Civil Pública, com pedido de obrigação de fazer e antecipação de tutela, ajuizada, em setembro de 2014, pela promotora de justiça Márcia Lima Buhatem.
O acordo prevê a nomeação, até setembro deste ano, de candidatos excedentes que já tenham concluído o curso de formação da Academia de Segurança Pública do Maranhão, para os cargos de farmacêutico legista, médico legista, auxiliar de perícia médico legal e perito criminal de Polícia Civil.
A conciliação foi homologada pelo juiz da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, Douglas de Melo Martins.

COMUNICADO SAMU

O Serviço de Atendimento Móvel de UrgênciaSAMU BACABAL-192 vem informar a população em geral que ao solicitar o atendimento deste Serviço, pedimos que  não façam ligações  da operadora TIM, pois no momento o link 192 não está aceitando ligações para este SERVIÇO desta operadora, por problemas técnicos da operadora OI. Disponibilizamos o número 9-8260-8815, para que possa ser acionado este Serviço.

Certo da compreensão de todos, agradecemos antecipadamente Michele Giordana Andrade Marinho    Diretora Gera/ SAMU-BACABAL-MA

FLÁVIO DINO PARTICIPA DE REUNIÃO DE GOVERNADORES COM TEMER SOBRE RENEGOCIAÇÃO DAS DÍVIDAS DOS ESTADOS



O governador Flávio Dino participou, junto com chefes de executivos dos estados brasileiros, de reunião com o presidente em exercício, Michel Temer, nesta segunda-feira (20), no Palácio do Planalto, em Brasília.

Na pauta do encontro, a nova proposta do Governo Federal para a renegociação da dívida com a União, que prevê carência total de seis meses e desconto gradual de aproximadamente 5,5 pontos percentuais por mês, a partir de janeiro de 2017 até junho de 2018.

Após mais uma rodada de negociações, os Estados discutiram a proposta feita pelo Governo Federal para aliviar o pagamento dos passivos. A renegociação das dívidas também alonga em 20 anos os pagamentos dos débitos com a União. A carência concedida nesses primeiros 24 meses será cobrada ao final desse período de desconto.

A proposta feita pelo Governo Federal aos estados vai agora para apreciação do Congresso Nacional. O governador Flávio Dino afirmou que o Maranhão vai analisar a proposição da União.

segunda-feira, 20 de junho de 2016

DEPUTADO ROBERTO COSTA PRESTIGIA 3ª FEIRA REGIONAL DE BELEZA E ESTÉTICA BEAUTY FAIR




O deputado Roberto Costa prestigiou os dois dias da III Feira Regional de Beleza e Estética Beauty Fair, que neste ano teve como tema “Babaçu – Nossa Riqueza nossa transformação”, promovida por seu amigo Ivan Delgado.

A feira foi realizada nos dias 13 e 14 de junho, na Associação Atlética Vanguard de Bacabal, e contou com a exposição de vários estandes com produtos das maiores marcas nacionais e internacionais.

O deputado Roberto Costa presenciou, em sua visita à feira, um grande interesse do público presente no evento, constatando que Bacabal já está inserida nesse mercado promissor de beleza e estética. A III Feira Regional tem como grande parceiro o SEBRAE e, segundo o organizador do evento, Ivan Delgado, a feira nasceu da necessidade de alimentar a competência profissional dos cabeleireiros de Bacabal para colocá-los em um nível de conhecimento a altura de todos os cabeleireiros do Brasil.

O evento possibilitou aos visitantes conhecerem o trabalho de grandes profissionais, que puderam demonstrar seus talentos e novas técnicas para penteados, maquiagem, coloração, entre outros procedimentos, com a participação do público ali presente.

Segundo o deputado Roberto Costa, a III Feira Regional não é só um evento de beleza, mas muito mais do que isso, porque o evento movimenta a economia local e representa a força da região. “E é importante que a gente possa a cada ano fortalecer esses eventos porque quem ganha com isso é a população”, afirmou.
A feira foi encerrada com um grande sorteio de uma moto shineray, modelo XY-150, no qual a contemplada foi a Sra. Nilva Lima Queiroz Fernandes de Arari.

Por: Samyra Boaes/ Assessoria

CIDADÃO PODE OBTER CERTIDÕES NEGATIVAS DE 1° GRAU NO SITE DO JUDICIÁRIO

Desde o último dia 07 o cidadão maranhense já pode obter gratuitamente, através do site do Poder Judiciário, as certidões negativas de Ações Penais, Improbidade Administrativa e Fins Eleitorais no âmbito do 1º grau. 

A disponibilização do documento via internet, antes restrita às certidões do 2º grau, passou a ser possível a partir de proposta da corregedora geral da Justiça, desembargadora Anildes Cruz (licenciada), aprovada por unanimidade em sessão plenária do Tribunal de Justiça.

Com a mudança, o cidadão não precisa mais ir ao Fórum para obter o documento, exceto no caso de pendências junto à Justiça. Para ter acesso ao documento que informa sobre a existência ou não de ações penais, de improbidade administrativa e de fins eleitorais em tramitação o cidadão deve acessar o site do Poder Judiciário www.tjma.jus.br, clicar na aba Cidadão (canto esquerdo da barra superior), em seguida no item Certidão Nada Consta, e após preencher o campo em branco com os caracteres informados.

Feito isso, o interessado no documento deve preencher o campo Natureza (tipo de certidão), CPF e nome do requerente, além de nome de mãe e pai do mesmo e novamente inserir os caracteres informados. As certidões podem ser emitidas em quantas vias forem necessárias.

Em caso de pendência, o sistema acusará a opção Consta. Nesse caso, o cidadão deve se dirigir ao Fórum da unidade onde existem pendências para a retirada da certidão. O mesmo se dá no caso de pessoas homônimas, quando o documento deve ser solicitado diretamente aos setores competentes.

A emissão eletrônica de certidões já era uma realidade para a Justiça de 2º grau desde 2014. A aprovação da proposta da corregedora Anildes Cruz evita o deslocamento do cidadão até o Fórum para obtenção do documento. "Verificamos a possibilidade de extensão desse serviço ao usuário da Justiça do 1º Grau, pela praticidade do acesso à informação".

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL INVESTIGA APAGÃO NO AEROPORTO DE SÃO LUÍS


O MPF quer saber o que aconteceu para que o único aeroporto da capital ficasse sem energia por tanto tempo e quais as providências adotadas pela Anac e Infraero.

Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA), por intermédio da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC), abriu Inquérito Civil para investigar o apagão ocorrido no último final de semana no Aeroporto Internacional Marechal Hugo da Cunha Machado, em São Luís (MA).

Segundo apurou o MPF, houve um princípio de incêndio na noite do dia 17 de junho (sexta-feira) no Aeroporto Internacional Marechal Hugo da Cunha Machado, em São Luís, tendo em vista a suposta ocorrência de curto-circuito na subestação que atende o terminal de passageiros, o que teria causado incêndio na central de ar condicionado, afetando também o quadro de comando de energia do aeroporto, causando transtorno para passageiros e usuários do aeroporto.

Em vista disso, o MPF quer saber o que aconteceu para que o único aeroporto da capital ficasse sem energia por tanto tempo e quais as providências adotadas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) para garantir e restabelecer a segurança no local.

A procuradora regional dos direitos do cidadão, Talita Oliveira, requisitou ainda ao Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão a realização de vistoria no aeroporto de São Luís, com a respectiva elaboração de laudo, que esclareça as possíveis causas do incêndio, com a indicação das providências a serem adotadas para a garantia da segurança na área. 

AÇÃO DO CBM DE BACABAL CULMINA NO RESGATE DE SALVAMENTO EM VÍTIMA NA BR 316


Uma ação de resgate foi realizada por meio de uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA), no domingo (19), com o salvamento de Hamilton de Sousa Alves, 37 anos, vítima de acidente na BR 316. Ele estava em seu veículo, modelo estrada, de cor branca e de placa OXS 6468.

O comandante Geral do CBMMA, coronel Célio Roberto Pinto de Araújo, informou que salvamentos como do último fim de semana são constantes na Região Metropolitana de São Luís e interior do Maranhão. “Trabalhamos para fazer atendimentos rápidos e eficientes”. As ocorrências podem ser feitas pelo número de emergência 193.

No atendimento de domingo, os primentos procedimentos realizados foram o de estabilização e avaliação primaria à vítima. Logo depois chegou uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) quando foi dado continuidade ao atendimento.

Hamilton de Sousa Alves foi conduzida ao hospital municipal de Bacabal com uma fratura exposta na perna esquerda, na região da tíbia e escoriações na cabeça, sendo que o atendimento foi rápido e eficaz. A ação de resgate teve o apoio da guarnição do major Ribeiro, 2º tenente Helton, 3º sargento Lisboa e dos soldados Gustavo, Kelson e Brito.

domingo, 19 de junho de 2016

GOVERNADOR RECEBE REPRESENTANTES DA INFRAERO PARA TRATAR DE NORMALIZAÇÃO NO FUNCIONAMENTO DO AEROPORTO DE SÃO LUÍS


O governador Flávio Dino recebeu dirigentes da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) neste domingo (19), no Palácio dos Leões, para tratar sobre o princípio de incêndio ocorrido na noite da última sexta-feira (17), no Aeroporto Marechal da Cunha Machado, em São Luís, que ocasionou uma série de incômodos no embarque e desembarque dos passageiros. O órgão do Governo Federal informou que os problemas já foram resolvidos e o aeroporto funciona normalmente.

Um curto-circuito causou um princípio de incêndio na noite de sexta-feira (17) no aeroporto. O fogo, imediatamente controlado pelas guarnições mantidas permanentemente pelo Corpo de Bombeiros, não causou maiores danos à estrutura e nem a funcionários e passageiros, mas prejudicou o embarque e desembarque.

O governador Flávio Dino, imediatamente, entrou em contato com o ministro dos Transportes, Maurício Quintella, que enviou uma equipe ao Maranhão composta pelo diretor de aeroportos da Infraero, João Jordão, e o diretor de engenharia e meio ambiente, Adilson Teixeira Lima. Na reunião, o governador questionou os representantes do órgão acerca dos problemas e buscou informações sobre a solução dos impasses, além de indagar sobre a ampliação do aeroporto, que se arrasta há vários anos.

Jordão explicou que a Infraero está fazendo um levantamento para saber o que realmente ocasionou o princípio de incêndio. “O aeroporto já está funcionando normalmente. Nós agora estamos no segundo passo que é adquirindo os equipamentos novos para substituição e também já faremos uma reunião com a nossa equipe para poder acelerar também a entrega da fase de ampliação desse aeroporto”, esclareceu o diretor.

De acordo com ele, a previsão é que a ampliação do Aeroporto Marechal da Cunha Machado seja entregue dentro de 90 dias. “Da parte contratual na verdade temos mais 30 dias de obras e 90 dias para entrega. O que nós vamos fazer aqui amanhã em uma reunião com nosso diretor de engenharia e a construtora é que a gente possa acelerar isso em 90 dias”, explicou Jordão.

Adilson Teixeira esclareceu que o incêndio teve início no banco de capacitores e se alastrou nos painéis, o que ocasionou a queda total de energia. “Estamos com todos os equipamentos reestabelecendo a parte elétrica, a parte de energia, saguão, terminal. Isso hoje está sendo concluído. A fase dois agora é reestabelecer a subestação que foi afetada pelo fogo”, disse.

O presidente do Procon/MA, Duarte Júnior, destacou que a reunião do Governo com os membros da Infraero demonstra a sensibilidade em, apesar de ser uma situação de responsabilidade do Governo Federal, não só acompanhar, mas monitorar, e, sobretudo, cobrar respostas efetivas para a garantia dos direitos do consumidor.

“Com base nessa reunião com os representantes da Infraero foi possível notar que a situação já foi parcialmente resolvida. De que há um comprometimento da Infraero na solução definitiva desse problema e nós cobramos também a finalização dessas obras e as metas de curto e longo prazo para que haja não só a melhoria da qualidade do serviço, mas a garantia plena dos direitos do consumidor”, realçou Duarte Júnior. 

Aeroporto de Imperatriz

O governador Flávio Dino aproveitou a reunião para colocar em pauta, também, melhorias para o aeroporto da cidade de Imperatriz. De acordo com ele, o terminal do município sofre com queimadas causadas pelos fatores climáticos, o que faz com que a fumaça impeça, ocasionalmente, o pouso dos aviões. Os diretores afirmaram que vão monitorar a situação e buscar soluções definitivas. 


Também participaram da reunião o secretário de Governo, Antônio Nunes, a superintendente do Aeroporto Marechal da Cunha Machado, Socorro Souza, e o gerente de operações, Marcelo Angelim.

"FIZERAM UMA ARMADILHA", DIZ SARNEY SOBRE DELAÇÃO DE SÉRGIO MACHADO

Da Coluna do Sarney
 
Quarta-feira tomei conhecimento da íntegra da delação do senhor Sérgio Machado. Posso assegurar ao povo maranhense – que já conhece do que ele é capaz – que nela, em relação a mim, não há nenhuma afirmação verdadeira. Nunca recebi das mãos desse senhor nenhum centavo. Nunca discuti com os senadores Renan Calheiros e Romero Jucá questão relativa a recursos financeiros. Não conheço nem nunca tive qualquer contato com os filhos do senhor Sérgio Machado nem com a pessoa por ele citada.
 
Fico reconfortado por a Constituição que ajudei a fazer ser sábia ao entregar ao Supremo Tribunal Federal a sua guarda, e não à Procuradoria Geral da República.
 
Todo mundo conhece minha vida, dedicada à busca da justiça social. Nunca estive envolvido com corrupção, a não ser para combatê-la. Os que me conhecem sabem que levo uma vida discreta, para alguém que exerceu os maiores cargos da República.
 
Fizeram uma armadilha. Um indivíduo, que conheci – pensava conhecer – por muitos anos, que tinha acesso à minha casa, a meu convívio, a minha mesa, depois de flagrado passou a me visitar para gravar nossas conversas. Chorava a injustiça de que estaria sendo alvo, lançava iscas, comentários longos que me induziam, procurando ser solidário, a dizer as frases que queriam ouvir e que desejavam que fossem ouvidas.
 
Já tinham pronta a ideia de me acusar de obstrução à Justiça. Não importava se as gravações não mostravam isso.
 
Estou processando Sérgio Machado, para esclarecer a verdade e punir o delator. O seu objetivo foi utilizar minha biografia para dar amplitude a sua delação. O das ações cautelares humilhar-me e desrespeitar-me. As raízes desse procedimento estão na política do Maranhão.
 
Mas não sou somente eu que devo ser objeto de preocupação. O Brasil está em crise. A economia se desfaz. O Executivo vive seu drama maior, o processo de impeachment. O Legislativo é atacado por todos os lados. O Judiciário parece refém da opinião pública. A confiança nas instituições acabou.
Isso é consequência de uma democracia imperfeita, que há muito denuncio. Há 28 anos, fui atacado quando falei que havia pontos na nova Constituição que tornariam o país ingovernável. Desde então venho pedindo reformas do Estado, do sistema eleitoral, tantas outras.
 
O Brasil não pode se reconstruir na divisão. Precisamos de conciliação, a velha fórmula que dominou os momentos felizes de nossa história.
 
Espero a resposta da Justiça às acusações sem qualquer fundamento que me fazem. A decisão do ministro Teori Zavascki desmanchou a primeira calúnia. O Supremo Tribunal Federal é a proteção de todo cidadão contra a calúnia e a injustiça.
 
Mas espero, sobretudo, que possamos viver o que Churchill explicava ser democracia: quando, de madrugada, ao ouvirmos o toque da campainha, sabemos que é o leiteiro, não a polícia.
José Sarney